IDOLATRIA: Consequências para a sua vida e a vida da sua família

GoldCalf

.

Por Ana Burke

.

Idolatria é adorar ídolos, fazer ídolos de pessoas humanas, amar exageradamente com sentido de veneração tanto a pessoas como coisas materiais como figuras, estátuas, artistas, cantores, religiosos quando nos joelhando-se diante deles ou beijamos-lhes as mãos, atletas, carros, dinheiro, etc.

A idolatria é prejudicial em váris aspéctos e é, principalmente, explorada para fins financeiros por instituições religiosas. É também comumente usada para outros fins como exibir ou adquirir poder sobre outros seres humanos. O dinheiro, o vestuário, o brilho do ouro, títulos e pedras preciosas escravisam aquele que não os possui. O idolatrado ou o idólatra, ou ambos,  costumam organizar fãs clubes para o objeto de adoração ou para si mesmo ou outros no caso de seres humanos, levando muitas vezes os seguidores do objeto à histeria coletiva ou crenças absurdas despertando ou alimentando a fé destituída da razão.

Um exemplo atual de idolatria são os cantores gospel que ganham muito dinheiro usando Jesus e o nome de Deus para enriquecer, e apoiados pelos falsos profetas. Na verdades, a adoração e o histerísmo não são dirigidos a Deus ou a Jesus, mas aos cantores que se dizem seguidores de Jesus. Mas, se não houvesse o envolvimento de muito dinheiro, com certeza não estariam se apresentando em shows pois Jesus,  ou religiões,  não existiriam ou poderiam existir sem o maior de todos os ídolos: O dinheiro.

Não vos virareis para os ídolos nem vos fareis deuses de fundição. Eu sou o Senhor vosso Deus. Levítico 19:4.

Portanto, meus amados, fugi da idolatria. 1 Coríntios 10:14

Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! entrará no reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
Muitos me dirão naquele dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? e em teu nome não expulsamos demônios? e em teu nome não fizemos muitas maravilhas? E então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade. Mateus 7:21-23

O Catecismo da Igreja Católica afirma: “A idolatria não se refere apenas aos falsos cultos do paganismo. O homem comete idolatria sempre que ele. homenageia e reverencia uma criatura em lugar de Deus, quer se trate de deuses ou demônios (por exemplo, o satanismo, poder, prazer, raça, antepassados, Estado, dinheiro, etc.”

Não se pode adorar um antepassado ou pessoa morta, conhecida e bondosa da própria família, já que esta é considerada como sendo uma criatura, pela Igreja Católica. Mas, ao mesmo tempo,  é permitido adorar outras criaturas sem nenhum vínculo familiar, pessoas mortas desconhecidas ou estátuas fabricadas para este fim e chamadas de santos.

O ato de evitar a utilização de imagens por razões religiosas é chamado aniconismo.  A destruição de imagens religiosas dentro de uma cultura é chamado iconoclasta, de que tem havido muitos episódios importantes na história.

Qual seria a consequência para a Igreja se as pessoas comecassem a adorar os mortos da própria família, os seus antepassados, ao invés das pessoas que ela propaga como sendo santos?

Ela perderia na construção de uma nova igreja, que os pobres sempre financiam; ela perderia, além desta nova propriedade, fiéis que continuariam mantendo esta igreja e toda a instituição; ela perderia na venda de velas, imagens, terços, escapulários, medalhas, missas pagas em homenágem ao santo, missas pagas para outros fins e realizadas nesta igreja; perderia dinheiro deixando de arrecadar com sacramentos, como batisados, casamentos, cursos, retiros, festas e doações. Se cada família se juntasse a seus amigos e fizessem um estudo e jogasse fora todo o lixo inculcado por século em seus cérebros, começando a adorar um Deus mais perfeito do que aquele ensinado pela igreja e seus falsos profetas, toda uma estrutura criminosa deixaria de existir.

A idolatria é algo que leva o ser humano para fora de si mesmo, por ser ele mesmo insignificante segundo seu próprio modo de agir, instigado e instruído pelos falsos profetas para que sempre pense em si mesmo como sendo NADA. E os exemplos de ensinamentos como este estão em todos os lugares, inclusive dentro de suas próprias casas, todos os dias e em todas as horas. Em suas cabeças são jogadas todas as frases possíveis e imagináveis para que possam in-culcar verdades inventadas, se tornem zumbis e não pensem nunca no outro, ou mesmo em membros da sua família como pessoas importantes pra ele.

IDOLATRIA E ADORAÇÃO A DEUS

Ensina-se a todos que, se um dia ele tiver que optar entre os filhos e Deus, ele deve optar por Deus. Como se fosse possível a um Deus verdadeiro, e Pai amado, exigir tal escolha por parte das pessoas que Ele criou e ama.

O primeiro exemplo de idolatria que se é permitido e estimulado é a idolatria a Deus, acima de Tudo. Tudo e todos abaixo dos céus nunca devem ser idolatrados, mas só e sómente a Deus esta idolatria deve ser dirigida. Passa-se a idéia de que Deus não deve ser amado, mas TEMIDO, que é um Pai que castiga e com quem não existe diálogo.

Alguns ensinamentos da bíblia são claramente e certamente contra Deus, isto é, nunca vieram de Deus, mas de homens e isto pode ser facilmente detectado. Exemplos: 

Caim foi lavrador da terra. e trouxe um presente pra Deus, fruto da terra. Deu a Deus a única coisa que ele tinha pra dar.  E Abel, que era pastor de ovelhas, trouxe como oferta, dois primogênitos das suas ovelhas, e da sua gordura. Mas Deus não atentou para o presente de Caim e aceitou o presente de Abel, despertando o ciúme e a inveja entre os dois. Caim matou abel e Deus o condenou sem atentar para o fato de que Ele, Deus, matou Abel quando provocou a ira de Caim contra este.

Outro episódio é a idolatria de Abraão por Deus. Ele estava disposto a matar o próprio filho em adoração a este Deus e por exigência do mesmo Deus para que Deus tivesse a certeza da fé de Abraão Nele. Esta passagem da bíblia é muito explorada nas igrejas, repetida muitas vezes dando a entender que a mesma atitude deve ser praticada pelos fiéis  se lhes for exigido.

A FAMÍLIA E OS ENSINAMENTOS DA IGREJA

A igreja passa a idéia de que a família não significa nada, não deve significar nada e inculca isto nas pessoas, isto é, ela diz uma coisa, mas inculca outra coisa muito diferente no cérebro das pessoas, usando sermões e frases feitas e repetidas, sem que os fiéis se dêem conta disso, o que poderemos confirmar isto a seguir.

Exemplos de consequências da idolatria, exigida por Deus em relação a Si mesmo, no Velho Testamento: 

Casos como os dois exemplos mostrados abaixo são normalmente escondidos, isto é, nunca são claramente revelados pois isto poderia afastar os fiéis. Mas como veremos mais à frente, isto é feito de uma forma mais leve e sutil no Novo Testamento:

Pôs-se em pé Moisés na porta do arraial e disse: Quem é do Senhor, venha a mim. Então se ajuntaram a ele todos os filhos de Levi.
E disse-lhes: Assim diz o Senhor Deus de Israel: Cada um ponha a sua espada sobre a sua coxa; e passai e tornai pelo arraial de porta em porta, e mate cada um a seu irmão, e cada um a seu amigo, e cada um a seu vizinho. E os filhos de Levi fizeram conforme à palavra de Moisés; e caíram do povo aquele dia uns três mil homens. Porquanto Moisés tinha dito: Consagrai hoje as vossas mãos ao Senhor; porquanto cada um será contra o seu filho e contra o seu irmão; e isto, para que ele vos conceda hoje uma bênçãoÊxodo 32:26-29

E suas crianças serão despedaçadas perante os seus olhos; as suas casas serão saqueadas, e as suas mulheres violadas. Eis que eu despertarei contra eles os medos, que não farão caso da prata, nem tampouco desejarão ouro. E os seus arcos despedaçarão os jovens, e não se compadecerão do fruto do ventre; os seus olhos não pouparão aos filhos. Isaías 13:16-18

Exemplos de idolatria exigida por Jesus em relação a si mesmo, ou a Deus, no Novo Testamento

Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim. Mateus 10:37
Cuidais vós que vim trazer paz à terra? Não, vos digo, mas antes dissensão;
Porque daqui em diante estarão cinco divididos numa casa: três contra dois, e dois contra três.
O pai estará dividido contra o filho, e o filho contra o pai; a mãe contra a filha, e a filha contra a mãe; a sogra contra sua nora, e a nora contra sua sograLucas 12:51-53
E, faltando vinho, a mãe de Jesus lhe disse: Não têm vinho.
Disse-lhe Jesus: Mulher, que tenho eu contigo? João 2:3-4
E disse-lhe alguém: Eis que estão ali fora tua mãe e teus irmãos, que querem falar-te.
Ele, porém, respondendo, disse ao que lhe falara: Quem é minha mãe? E quem são meus irmãos? Mateus 12:47-48
E aconteceu que, indo eles pelo caminho, lhe disse um: Senhor, seguir-te-ei para onde quer que fores.
E disse-lhe Jesus: As raposas têm covis, e as aves do céu, ninhos, mas o Filho do homem não tem onde reclinar a cabeça.
E disse a outro: Segue-me. Mas ele respondeu: Senhor, deixa que primeiro eu vá a enterrar meu pai.
Mas Jesus lhe observou: Deixa aos mortos o enterrar os seus mortos; porém tu vai e anuncia o reino de Deus.
Disse também outro: Senhor, eu te seguirei, mas deixa-me despedir primeiro dos que estão em minha casa.
E Jesus lhe disse: Ninguém, que lança mão do arado e olha para trás, é apto para o reino de Deus. Lucas 9:57-62
OS ENSINAMENTOS DA IGREJA CRISTÃ EM RELAÇÃO À MULHER / ESPOSA
Uma outra consequência da idolatria nestes casos, é o fato de que se impõe à mulher um papel secundário e inferior dentro da família em relação ao homem. Esta idolatria, da forma como é ensinada, NUNCA, veio ou foi originada por Deus. É impossível a bíblia ter sido inspirada por Deus, como quer fazer crer a Igreja Católica. DEUS NÃO É DISCÓRDIA, NÃO CLASSIFICA AS PESSOAS EM INFERIOR E SUPERIOR, EM EVOLUÍDA OU ATRASADA ESPIRITUALMENTE. DEUS NÃO PODE SER CONFUSÃO, MAS PAZ. E em muitas famílias esta paz é tirada. Se um casal tem uma menina e um menino como filhos, a menina vai crescer sabendo que vale menos pelo fato de ser mulher. Observe:

Quero, pois, que os homens orem em todo o lugar, erguendo as mãos puras, sem ira nem altercação. Do mesmo modo, as mulheres usem trajes decentes, adornem-se com pudor e modéstia, sem tranças, nem ouro, nem pérolas, ou vestidos sumptuosos, mas, como convém a mulheres que fazem profissão de piedade, por meio de boas obras. A mulher receba a instrução em silêncio, com toda a submissão. Não permito à mulher que ensine, nem que exerça domínio sobre o homem, mas que se mantenha em silêncio. Porque primeiro foi formado Adão, depois Eva.  E não foi Adão que foi seduzido mas a mulher que, deixando-se seduzir, incorreu na transgressão. 1 Coríntios 11:4-10

“É melhor a maldade do homem do que a bondade da mulher: a mulher cobre de vergonha e chega a expor ao insulto.” – Eclesiástico 42, 14 ‘

Mulheres, sede submissas aos vossos maridos, como convém no Senhor”. - Colossenses 3:18

‘As mulheres tem de ser submissas aos vossos maridos’’. – I Pedro 3:1

‘Os maridos devem permitir que as suas mulheres, que são de um sexo mais frágil, possam orar’’.  ”A cabeça do homem é Cristo, a cabeça da mulher é o homem e a cabeça de Cristo é Deus’’. – I Coríntios 11:3

‘O homem não foi criado para a mulher, mas a mulher para o homem’’. – I Coríntios 11:9

Tudo isto chama-se IDOLATRIA. À mulher é ensinado que o marido é um ídolo e superior a ela, e os filhos aprendem isto também. Alguém mais ingênuo poderia afirmar que isto não acontece e nem é ensinado dentro das igrejas.  Sim, isto é ensinado. Basta prestar mais atenção nas práticas e naquilo que é permitido ao homem e negado à mulher. Um dos exemplos é a não aceitação das mulheres como sacerdotes na igreja católica.

Observe a frase abaixo. Ela é muito usada para manter os fiéis longe do mundo e dentro das igrejas.

Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. João 2:15

Vamos analisar a frase: Nesta frase está querendo se insinuar que Deus não quer que o ser humano interaja com o mundo que Ele  criou para o ser humano viver. Ou seja, Deus fez o mundo, mas se amamos o mundo criado por Deus, estamos em pecado e Deus não está naquele que ama o mundo. Não devemos amar nada pertencente a este mundo, incluindo, principalmente, como foi mostrado acima, os nossos filhos, a nossa família, os nossos amigos ou parentes. Será que isto veio de Deus? O que estamos fazendo num mundo que não pode ser visto e nem amado? O que nos é permitido então fazer neste mundo enquanto vivemos a nossa curta vida? Estes questionamentos nos são respondidos por Jesus e o Papa Francisco:   CARREGAR A CRUZ.

 

E quem não toma a sua cruz, e não segue após mim, não é digno de mim. Mateus 10:38

Slide15

Esta homília do Papa acima é a mesma homília repetida todos os dias para os fiéis. E os fiéis repetem esta mesma frase ensinada todos os dias para si mesmos, ou seja, deve-se IDOLATRAR A CRUZ, idolatrar o sofrimento, suportar humilhações e negar a si mesmo o seu direito ao respeito, à felicidade e, como ele afirmou, deve-se resistir à tentação do bem estar espiritual, isto é, nenhum cristão pode ou deve ter PAZ.

O QUE SIGNIFICA HUMILHAÇÃO? 

Humilhação é o tipo mais perverso de IDOLATRIA. Tira do ser humano todas as perspectivas e destrói todos os seus sonhos de auto-afirmação e respeito próprio. E todas as igrejas ensinam esta aberração, repetindo e repetindo, para que esta idéia fique impregnada na mente das pessoas? Exemplos de ditos perversos repetidos e ensinados:

Que o  sofrimento santifica, que é desejo de Deus que sejamos sempre pobres e miseráveis, que devemos carregar a cruz como Jesus carregou a dele, ser cuspidos pelo poder, como Jesus foi cuspido e escarrado pelo poder,  que devemos sempre dar a outra face,  que um dia estaremos no paraíso depois da morte. Só depois da morte os pobres e miseráveis e humilhados serão recompensados, e o paraíso será só deles, porque é mais fácil o camelo passar pelo fundo de uma agulha que o rico entrar no Reino dos Céus. Acreditando nisto, ficamos todos inertes, conformados, felizes com a própria sorte sem nunca tentar alguma maneira de mudar a própria situacão de pobreza, ignorância e miserabilidade.

O principal trunfo está no Deus que castiga, que vigia, que manda as pessoas desobedientes para o inferno e oferece como prêmio por bom comportamento a felicidade eterna. Esta felicidade eterna é usada para chantagear os fiéis que só a conseguirão sob determinadas condições. Aguns serão joios e outros serão trigo. Numa família, se o filho é joio ele irá para o inferno e sofrerá eternamente. E se a mãe deste filho  é trigo, ela irá para o paraíso e será feliz lá para sempre, não importando a ela o fato de o filho estar no inferno.  E é devido a isto que se deve TEMER a Deus, como podemos ver em Lucas 12:5 abaixo:

Mas eu vos mostrarei a quem deveis temer; temei aquele que, depois de matar, tem poder para lançar no inferno; sim, vos digo, a esse temei.
.

Exemplos de idolatria

mao

Adorando a imagem de uma suposta “mão de Cristo”. Usada em um retiro recente da Igreja Renascer.

 

 

papa_oscar

Oscar se ajoelhando idolatrando o Papa.

mary_worship-forbidden

Católicos Idorando a uma imagem de escultura

Evang;elicos adorando a Arca

Evang;elicos adorando a Arca

 

Povo idolatrando o Papa

Povo idolatrando o Papa

 

idolatria  (1)

Idolatria a um Pastor evangélico

Calvinistas ensinando a idolatrar a cruz. http://ministeriobbereia.blogspot.com/2014_01_01_archive.html

Calvinistas ensinando a idolatrar a cruz.
http://ministeriobbereia.blogspot.com/2014_01_01_archive.html

 

Idolatria a um cantor de música Gospel

Idolatria a um cantor de música Gospel

1395843_256550197828400_322619409_n

Idolatria a um carro.

Pastor da Igreja Universal do Reino de Deus entra com um carro importado dentro de Igreja, para fiéis passarem as mãos no carro e terem prosperidade financeira.

526888_658410514177275_1899391639_n

.

IDOLATRIA A PEQUENOS OBJETOS VENDIDOS EM IGREJAS

 Todas as igrejas vendem objetos aos fiéis para os mais variados fins, e outras igrejas, como as evangélicas ficaram famosas pela venda de “unção”, ou seja, fazem uma espécie de “benzimento” dizendo que o objeto vai, quando ungido, satisfazer as necessidades dos fiéis.  É parecido com uma mesma tática usada pela Igreja Católica quando vende as suas imagens, terços, escapulários, medalhas milagrosas e outros objetos. Os fiéis  sempre acreditaram e acreditam que o objeto, quando benzido pelo padre passava a ter um valor maior, ou seja, trás mais bêncãos ao portador do mesmo.  Fazer este tipo de comércio em igrejas é o mesmo que praticar estelionato. É um ato criminoso que, ao que parece, não recebe punição pela justiça comum. Está claro que as leis de estelionato e abuso da fé, não se aplicam a instituições religiosas.

As igrejas evangélicas vendem os mais absurdos ungidos ou cobram para ungir objetos que as pessoas já possuem e desejam isto ungido.  Exemplos: “cajados ungidos”, “meias ungidas”, “água ungida”, “toalhinha ungida”, “martelo”, “fogueira santa”, etc.

Seguro Jesus

A Igreja Católica aplicava penitências muito pesadas aos “pecadores” e depois vendia indulgências para que o “pecador” ficasse livre de fazer a penitência. Veja a foto abaixo:

557312_632543330097327_1008378124_n

A venda de indulgências, pintura de Augsburg, cerca de 1530.

.

E finalizando: 

1044509_692772434085516_1130616233_n

http://www.youtube.com/watch?v=Ckoqrqsr0lk

Um comentário sobre “IDOLATRIA: Consequências para a sua vida e a vida da sua família

  1. Realmente o assunto é complexo, mas acredito que o mais importante em cada pessoa é ser ele, pensando como cristão, ou seja, tenha muita FÉ em vc mesmo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s